Sustentação do projeto de Business Intelligence

Estes dias me peguei estudando algumas metodologias ágeis e os conceitos de projeto X produto , cada vez tenho mais certeza que implantar o business intelligence em uma empresa é um projeto que não tem fim, por isso não pode ser chamado de projeto mas deve ser chamado e tratado como um produto, praticamente é um filho.

Quando nasce seu primeiro filho quase sempre você não está preparado para o que vai acontecer, você deve planejar e executar passos curtos e se preparar para as surpresas no meio do caminho, deve se aconselhar com os mais experientes sabendo que cada criança possui suas peculiaridades, ou seja aprender e melhorar durante a jornada, a cada dia ele se tornará mais independente mas sempre precisará de um porto seguro.

O desafio do business intelligence é exatamente isso, saber que será diferente para cada empresa, ter um objetivo em mente e disposição para melhorar sempre, peca a empresa que não segue a lista abaixo:

  • Separar um colaborador ou equipe para cuidar somente do sucesso do BI
  • Separar um budget para dar suporte as atividades de implantação do BI
  • Querer ter resultados rápidos em oposição a qualidade real dos números
  • Não envolver as áreas de negócio no desenho da solução
  • Não ter apoio direto e transparente da diretoria

e por fim, achar que o projeto de BI uma hora vai terminar, isso é um engano até que comum, amigos, ser uma empresa “data driven” não é somente instalar sistemas e processar os dados, é uma nova forma de fazer negócios, é um novo DNA correndo na veia da corporação, meu conselho é: crie um Centro de competência de BI (conhecido também como BICC – Business Intelligence Competence Center.

O BI é uma iniciativa estratégica fundamental para o sucesso das organizações, mesmo quando existe uma estratégia definida, seja ela simples ou complexa, não costuma ser bem sucedida na sua execução.

O que acontece em diversas organizações são:

  • Existência de ilhas de informações (visões departamentais)
  • Falta de diretrizes estratégicas, táticas e operacionais para o uso de informações
  • Áreas de BI preocupadas basicamente com aspectos técnicos e de infraestrutura
  • A proposta do BICC aborda os seguintes aspectos:
  • Alinhamento entre executivos do negócio, TI e usuários de informações;
  • Garantir o entendimento de todos os envolvidos com relação às necessidades de informações;
  • Definir ferramentas, processos, procedimentos e metodologias para entregar a estratégia de BI;
  • Adoção de melhores práticas de mercado para melhorar a confiabilidade e a consistência de BI;
  • Aumentar a participação das pessoas na resolução de problemas;
  • Adoção de cultura analítica através de treinamentos e especialização em análises estatísticas.

Bibliografia

BOYER, J.; FRANK, B.; GREEN, B.; HARRIS, T.; VANTER, K. Business Intelligence Strategy: A practical guide for achieving BI excellence. 2010.

DRESNER, H. J.; BUYTENDIJK, F.; LINDEN, A. et al. The Business Intelligence Competency Center: An Essential Business Strategy. Reproduction, , n. May, p. 1, 2002.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *